logo wagner advogados
Há mais de 30 anos defendendo exclusivamente os trabalhadores | OAB/RS 1419
Presente em 13 estados.

UMA PROPOSTA INDECENTE

Home / Informativos / Leis e Notícias /

17 de setembro, 2002 por Poliana Nunes

O anúncio do Governo FHC, de que iria propor pagamento administrativo dos débitos da correção do FGTS, como todos lembram, foi feito nas vésperas das eleições municipais (1º turno) de 2000. Agora, passadas as eleições, ele anuncia que o pagamento deverá ser feito pelos trabalhadores e pelos empresários.Foram anunciadas 15 propostas, entre as quais a de retirar dos desempregados a multa de 40%, que seria utilizada para o pagamento da dita correção.Como FHC tem uma conhecida “preocupação com o social”, há nesta proposta alternativas que vão deste entregar todo o valor dos 40% aos cofres públicos até de entregar “apenas” 25% do mesmo… Tocante…Quanto ao prazo de pagamento, o Governo FHC anunciou o seguinte plano:1º) Para valores até R$ 500,00 (abrange 87,7% dos trabalhadores e representa débito de 4,63 bilhões), devolução em até um ano, a ser a partir de 2002.2º) Entre R$ 500,01 a 1 mil (4,24% dos interessados e débito de 2,21 bi), devolução em 1 ano.3º) Valores de R$ 1.000,01a R$ 2.000,00 (2,94% dos trabalhadores e débito de 3,16 bi), devolução em 2 anos.4º) Valores entre 2.000,01 a R$ 5.000,00 (2,92% dos trabalhadores e débito de R$ 6,69), devolução em até 3 anos.5º) Valores entre 5.000,01 a R$ 10.000,00 (1,16% dos trabalhadores e débito de R$ 5,88 bi), e para valores maiores que R$ 10.000.00 (1,01% dos trabalhadores e dívida de 17,99 bi), ambos com pagamentos parcelados em até 4 anos.Nos casos dos itens 2º a 5º, a devolução ocorrerá a partir de 2003, quando, “infelizmente”, já terá acabado o Governo FHC.O impressionante é que FHC parte do pressuposto que todos nós sejamos tão pouco inteligentes que não tenhamos a capacidade de compreender sua “Proposta Indecente”: nas vésperas da eleição presidencial de 2002, pretende “cumprir sua promessa”, feita nas vésperas da eleição de 2000, pagando pequenos valores para 87,74% dos trabalhadores que têm créditos decorrentes da correção monetária do FGTS, utilizando para tanto o dinheiro desses próprios trabalhadores, que terão surrupiada sua multa de 40%!…Resumindo a situação: essa “Proposta Indecente” guarda simetria com o filme homônimo, só que nessa nova versão FHC pretende fazer o papel de um Robert Redford sovina, enquanto os trabalhadores fariam o papel de uma Demi Moore otária, pagando inclusive a própria conta…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

App - Wagner Advogados