logo wagner advogados
Há mais de 30 anos defendendo exclusivamente os trabalhadores | OAB/RS 1419
Presente em 12 estados.

TERRA: LULA DIZ QUE NÃO DARÁ AUMENTO PARA FUNCIONALISMO ESTE ANO

Home / Informativos / Leis e Notícias /

17 de junho, 2010 por Poliana Nunes

 
O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou, nesta quinta-feira, que o governo não fará mais reajuste salarial para o funcionalismo. Segundo ele, somente o que já foi acordado será cumprido.
 
“Todo santo dia tem pressão por aumento, em todas as categorias, em todas as áreas. As pessoas terão os aumentos na hora que puder ter os aumentos. Acabou este ano a questão dos aumentos. O que nós vamos dar de aumento hoje é aquilo que nos tínhamos acordado em 2008 e que nos temos parcelas a cumprir. Tudo isso será totalmente cumprido. Mas agora discussão de aumento as pessoas terão que esperar o novo governo chegar porque eu não posso comprometer o orçamento”, disse.
 
Sobre o reajuste dos aposentados, Lula reafirmou a disposição do governo de cortar gastos para dar o aumento de 7,7% aprovado pelo Congresso em maio. “O governo já havia concordado com 7%. A única exigência que eu fiz para que pudesse atender o 0,7% de diferença era se os ministros do Planejamento e da Fazenda cortassem no orçamento o equivalente ao aumento. Como eles disseram que vão cortar, inclusive das emendas parlamentares, não são R$ 700 milhões para os aposentados que vão empobrecer um país como o Brasil”, disse.
 
O presidente sancionou na terça-feira o reajuste de 7,7% aos aposentados e pensionistas que recebem acima de um salário mínimo, mas vetou a emenda que determinava o fim do fator previdenciário.
 
A equipe econômica de Lula defendeu desde o início o veto ao reajuste aprovado pelos congressistas, pois o impacto nas contas públicas está previsto em R$ 1,6 bilhão. A ministro da Fazenda, Guido Mantega, garantiu que não serão feitos cortes nos investimentos.
 
Fonte: Redação Terra
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

App - Wagner Advogados