logo wagner advogados
Há mais de 30 anos defendendo exclusivamente os trabalhadores | OAB/RS 1419
Presente em 12 estados.

Palestra do Presidente do Conselho Federal da OAB destacou pontos relevantes para profissionais e estudantes

Home / Informativos / Wagner Destaques /

12 de abril, 2012

Sob o tema “As recentes lutas e conquistas da advocacia brasileira” a palestra foi marcada pela defesa do fortalecimento da profissão e da melhoria no ensino Na última terça-feira (10), um número expressivo de advogados santamarienses e acadêmicos de direito se encontraram no auditório da Faculdade Palotina de Santa Maria (FAPAS) com o objetivo de ouvir o Presidente do Conselho Federal da OAB, Dr. Ophir Filgueiras Cavalcante Júnior, que falou sobre “As recentes lutas e conquistas da advocacia brasileira”. O palestrante ressaltou a importante missão dos advogados, marcada pela defesa dos direitos e “de um bem maior, a justiça”.O Presidente da OAB Seccional do Rio Grande do Sul, Dr. Cláudio Pacheco Prates Lamachia, o Presidente da OAB da Subseção de Santa Maria, Dr. José Fernando Lutz Coelho e o Conselheiro Federal da OAB pelo Amapá, Dr. José Luis Wagner, compuseram a mesa do evento juntamente às autoridades da cidade, Deputado Estadual, Dr. Jorge Pozzobom (representando o Presidente da Assembléia Legislativa do Estado, Sr. Alexandre Postal), Vereadora Sandra Rebelato (representando o presidente da Câmara de Vereadores de Santa Maria, Vereador Manoel Badke) e o Diretor da FAPAS, Prof. Antonio Dalla Costa.Para homenagear os Presidentes do Conselho Federal e do Conselho Seccional da OAB/RS, a Subseção de Santa Maria outorgou-lhes a Medalha Ministro Carlos Maximiliano, por relevantes serviços prestados à advocacia. Na primeira visita de um Presidente do Conselho Federal a Santa Maria nos 80 anos de existência do Subseção local, o Dr. Ophir Cavalcanti Júnior destacou questões  importantes acerca do exercício do direito e da prática do ensino jurídico.Defendeu que os advogados devem nortear-se pelos conceitos de liberdade e autonomia, pois caracterizam as prerrogativas profissionais essenciais para o exercício da profissão; e ainda falou do objetivo que tem de criar uma política nacional para esclarecer tais prerrogativas e fortalecer a classe de profissionais. Expressou a importância da parceria com faculdades de direito, a fim de que os problemas do ensino sejam reconhecidos e sanados e os futuros profissionais sejam capacitados e éticos no exercício da sua função. Sob este aspecto, ressaltou que o ideal seria que os alunos saíssem do curso de graduação aptos para advogar, mas ainda existe a necessidade da aplicação do exame da Ordem dos Advogados do Brasil para permitir que o profissional torne-se advogado, devido à baixa qualidade de algumas instituições de ensino.Fonte: Wagner Advogados Associados Cadastre-se para receber nossos informativos e leia outras notícias em
Wagner Advogados Associados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

hostinger