logo wagner advogados
Há mais de 30 anos defendendo exclusivamente os trabalhadores | OAB/RS 1419
Presente em 13 estados.

ADMINISTRATIVO. RESPONSABILIDADE CIVIL DO ESTADO. EXERCÍCIO DE FUNÇÃO PÚBLICA. ORDENADOR DE DESPESAS. DENÚNCIA DE IRREGULARIDADE JUNTO AO TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO. TOMADA DE CONTAS ESPECIAL. REGULARIDAD

Home / Informativos / Jurídico /

12 de novembro, 2012 por Poliana Nunes

I. Ao receber denúncias de irregularidades no uso de dinheiro, bens e valores públicos é dever constitucional do Tribunal de Contas da União proceder à apuração e constatada a irregularidade responsabilizar o agente público responsável, nos expressos termos do disposto no art. 71, inciso II, da Constituição Federal.II. Sendo assim, o fato de o agente público ter sua gestão submetida à apuração em tomada de contas especial pela Corte de Contas não lhe dá o direito à indenização por danos morais, sob a alegação da conclusão da regularidade dos procedimentos adotados pelo administrador.III. É inerente à função de direção, como a exercida pelo recorrente à época dos fatos, responder por todos os seus atos administrativa ou judicialmente, tendo em vista que exercia múnus público, que encerra ao agente certos encargos e responsabilidades.IV. Apelação a que se nega provimento. TRF 1ªR., AC 0033113-86.2005.4.01.3400 / DF, Rel. Juiz Federal Marcelo Dolzany da Costa (convocado), Sexta Turma, Unânime, e-DJF1 p.78 de 01/10/2012, Inf. 852.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

App - Wagner Advogados