logo wagner advogados
Há mais de 30 anos defendendo exclusivamente os trabalhadores | OAB/RS 1419
Presente em 15 estados.

SINPEF/PE obtém decisão que proíbe terceirizados de realizarem atividades-fim da Polícia Federal no aeroporto de Recife

Home / Informativos / Wagner Destaques /

10 de junho, 2015 por Poliana Nunes

Em Recife, empregados terceirizados realizavam atos de polícia aeroportuária.

 

Diante de várias irregularidades na atuação de empregados terceirizados no Aeroporto Internacional Gilberto Freyre, o Sindicato dos Policiais Federais em Pernambuco (SINPEF/PE), com a assessoria jurídica de Wagner Advogados Associados e Calaça Advogados Associados, ingressou judicialmente com demandam e obteve decisão que veio a impedir a terceirização das atividades-fim da Polícia Federal dentro do aeroporto de Recife.

 

A conquista decorreu de ação civil pública contra a União, ajuizada em 2012. De acordo com o processo, os trabalhadores terceirizados lotados na Polícia Federal do aeroporto devem deixar de exercer atividades próprias do cargo de agente da PF. Segundo o SINPEF/PE, os terceirizados estariam realizando todos os atos de polícia aeroportuária, não se restringindo à recepção dos passageiros e separação dos documentos a serem verificados pelos servidores policiais. Este ato contraria o Decreto n° 2.271/1997.

 

A Polícia Federal de Pernambuco tem até 60 dias para cumprir a determinação, a partir da data da intimação da União, sob pena de pagamento de multa diária de R$ 50 mil, favorável ao SINPEF/PE.

 

Fonte: Wagner Advogados Associados com informações do processo nº 080096138.2012.4.05.8300.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

App - Wagner Advogados