logo wagner advogados
Há mais de 30 anos defendendo exclusivamente os trabalhadores | OAB/RS 1419
Presente em 12 estados.

Simone Tebet e Esther Dweck anunciam liberação de R$ 350 milhões para pagamento de direitos trabalhistas de servidores

Home / Informativos / Leis e Notícias /

09 de fevereiro, 2023

O pedido foi feito ao Planejamento que prontamente autorizou o valor, já previsto no orçamento federal, que irá beneficiar 10 mil servidores públicos federais

Durante o evento de reabertura da Mesa Nacional de Negociação Permanente, nesta terça-feira (7/2), em Brasília, a ministra do Planejamento e Orçamento, Simone Tebet, anunciou a liberação de R$ 350 milhões, para pagamento de direitos trabalhistas de exercícios anteriores a servidores públicos federais .

Tebet atendeu a uma solicitação da ministra da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos, Esther Dweck, que identificou o valor bloqueado e fez o pedido à Secretaria de Orçamento Federal do Ministério do Planejamento e Orçamento. “Quando a ministra Tebet falou que iria liberar o dinheiro é porque a previsão orçamentária já havia sido realizada, devido ao trabalho conjunto do governo de transição, representantes dos servidores e o relator da comissão de Orçamento, que teve um papel importante nessa ação”, destacou Dweck.

A ministra da Gestão sinalizou que, entre fevereiro e março, existindo previsão orçamentária, deverão começar a resolver a questão do reajuste de 2023, com os integrantes da Mesa de Negociação. “Mas a gente sabe também que há várias questões que precisam ser resolvidas. É notório que houve um período sem reajuste, com perdas reais e perdas nominais de salário. Há também a discussão da previdência, sabemos da necessidade de ter uma resposta célere para tudo isso”, comentou. A ministra disse que pretende realizar uma reunião ainda antes do carnaval e, em parceria com as entidades representadas no evento de reabertura da MNNP, definir uma composição inicial da Mesa, para iniciar o diálogo e as tratativas sobre as demandas mais urgentes.

Fonte: Portal Gov.br

 

4 respostas para “Simone Tebet e Esther Dweck anunciam liberação de R$ 350 milhões para pagamento de direitos trabalhistas de servidores”

  1. Feliciano Espinhara Filho disse:

    Falta liberar os precatórios dos professores estaduais municipais,
    Que os governates pagaram por causa das eleiçoes, depois pararam de pagar
    Milhares estão passando necessidades como os filhos desses professores..

    • Luiz Antonio disse:

      O senhor tem toda razão! O pagamento dos precatórios municipais e estaduais é uma vergonha. Claro que o governo federal em nada tem a ver, mas os servidores dessas esferas sofrem demais com atrasos absurdos.

  2. Mirian Borges Almeida disse:

    Esses direitos trabalhistas incluem aquele processo q temos do disco tos do INSS nas APHs?

    • Luiz Antonio disse:

      Não, esses “direitos trabalhistas” que a matéria fala são os exercícios anteriores. Aqueles direitos que a Administração reconhece (tipo a insalubridade), mas demora meses para colocar na folha. E, os atrasados, ficam pendentes para quando houver recurso em caixa. O que o governo que pagar são essas pendências administrativas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

hostinger