logo wagner advogados
Há mais de 30 anos defendendo exclusivamente os trabalhadores | OAB/RS 1419
Presente em 15 estados.

SEDUFSM garante correção monetária dos atrasados da RSC para associada

Home / Informativos / Wagner Destaques /

06 de julho, 2020 por Luiz Antonio

Administração reconhece o direito, mas pagou valores sem aplicação da devida correção monetária.

Os servidores docentes do ensino superior tiveram reconhecido o direito de pagamento dos valores correspondentes à Retribuição por Reconhecimento de Saberes e Competências (RSC) em nível III.

Contudo, tais parcelas, mesmo com o reconhecimento administrativo, ainda não foram pagas ou, quando pagas, não tiveram a devida correção monetária. A falta de pagamento sempre se dá pela alegação de indisponibilidade orçamentária para adimplir os valores.

Ocorre que, como já afirmado por diversos tribunais regionais federais, a quitação do crédito independe de liberação orçamentária por parte da Administração, não podendo isso condicionar tal pagamento.

Diante disso que uma docente da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), após o reconhecimento do direito e pagamento do mesmo administrativamente, procurou a Seção Sindical dos Docentes da Universidade Federal de Santa Maria (SEDUFSM) para questionar judicialmente a falta de qualquer correção monetária dos valores.

Com a assessoria jurídica de Wagner Advogados Associados foi apresentada demanda junto ao Juizado Especial Federal, a qual foi julgada favorável ao pleito da professora, havendo determinação para que a instituição pague a mesma os valores correspondentes a correção monetária dos valores reconhecidos administrativamente.

Na ação ainda cabe recurso.

Nos acompanhe nas redes sociais:

Facebook: @WagnerAdvogados
Twitter: @W_advogados
Instagram: @wagner_advogados

Fonte: Wagner Advogados Associados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

App - Wagner Advogados