logo wagner advogados
Há mais de 30 anos defendendo exclusivamente os trabalhadores | OAB/RS 1419
Presente em 15 estados.

Peritos do INSS negociam fim da greve

Home / Informativos / Leis e Notícias /

30 de outubro, 2015 por Poliana Nunes

Os médicos peritos do INSS e o governo caminham para um entendimento que vai por um ponto final na greve nacional da categoria que hoje completa 58 dias. O acordo poderá sair na semana que vem quando o Ministério do Planejamento apresentará proposta que contemple as principais reivindicações dos peritos. Os médicos reivindicam redução de carga horária de 40 horas para 30 horas, incorporação de benefícios ao salário, redução de níveis de progressão e recomposição do quadro de profissionais .

Segundo o presidente da Associação Nacional dos Médicos Peritos (ANMP), Francisco Eduardo Alves, ainda caberá à categoria avaliar se a minuta que for apresentada contemple os pleitos dos peritos.

O primeiro passo para o acerto foi dado na última terça-feira. Representantes da associação e do Poder Executivo se reuniram pela primeira vez desde que o movimento foi deflagrado no começo de setembro. Participaram do encontro o secretário de Relações de Trabalho do Planejamento, Sérgio Mendonça, o assessor especial Vladimir Nepomuceno, a secretária-adjunta Edina Lima e o ex-ministro da Previdência Social e atual secretário especial da pasta, Carlos Gabas.

AÇÃO CONTRA CORTE

“Foi preciso nós ganharmos liminar no Superior Tribunal de Justiça (STJ) contra o corte de ponto dos dias de greve para o governo negociar. Só depois disso, eles decidiram conversar. Os representantes do governo foram bem receptivos na reunião. Esperamos que apresentem proposta que nos contemplem”, afirmou o presidente da associação.

REGIME DE ASSEMBLEIA

Alves ressalta que os peritos estão em regime de assembleia permanente e podem decidir com agilidade pela suspensão do movimento até mesmo via internet. Segundo a ANMP, qualquer mudança na carreira será encaminha por meio de projeto de lei no Congresso. A proposta está sendo elaborada para satisfazer as carreiras e suas especificidades.

TRAMITAÇÃO RÁPIDA

Na reunião, o governo externou a expectativa de que o PL tramitará rapidamente pelo Congresso para efetivar as modificações com assinatura do termo de acordo. Os representantes do governo esclareceram ainda que não há data limite para implementação de aumento salarial ou outras questões de impacto financeiro.

Fonte: O Dia
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

App - Wagner Advogados