logo wagner advogados
Há mais de 30 anos defendendo exclusivamente os trabalhadores | OAB/RS 1419
Presente em 12 estados.

Para equipe econômica, magistrados vão manter auxílio-moradia

Home / Informativos / Leis e Notícias /

16 de setembro, 2018

Integrantes da equipe econômica admitem que juízes e ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) manterão o auxílio-moradia intacto, mesmo recebendo o aumento de 16,38% que deverá ser aprovado pelo Congresso ainda neste ano. O benefício custa quase R$ 1 bilhão por ano.

Acordo furado

Para os técnicos, o acordo fechado entre ministros do STF e o presidente Michel Temer para garantir o aumento de salários, em troca do fim do auxílio-moradia, foi uma jogada de marketing. Será preciso muita pressão para que o benefício acabe.

Força de Toffoli

Com Dias Toffoli à frente do Supremo — ele tomou posse nesta quinta-feira (13/05) — as regalias a magistrados tenderão a ser mantidas. Ele não está disposto a comprar briga com membros do Judiciário. Toffoli, por sinal, foi um dos ministros do STF que negociaram com Temer o aumento de 16,38% para o Judiciário e a grande leva de servidores públicos que recebem o teto do funcionalismo.

O reajuste do Judiciário, com todo o seu efeito cascata, custará mais de R$ 4 bilhões por ano, dinheiro que poderia ser destinado para projetos nas áreas de saúde, educação e segurança pública, as mais demandadas pela população.

Fonte: Coluna do Vicente – Correio Braziliense

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

hostinger