logo wagner advogados
Há mais de 30 anos defendendo exclusivamente os trabalhadores | OAB/RS 1419
Presente em 15 estados.

O GLOBO: GOVERNO COCHILA, E GASTO MAIOR PARA INSS PASSA

Home / Informativos / Leis e Notícias /

13 de junho, 2008 por Poliana Nunes

O governo conseguiu aprovar a recriação da CPMF na Câmara, mas, por descuido, ganhou outro problema no mesmo dia, quase ao mesmo tempo da votação de anteontem no plenário: a aprovação surpresa, numa comissão especial, do projeto que estende a todos os aposentados e pensionistas do INSS o reajuste dado ao salário mínimo, de 9,2%. Para as aposentadorias que ganham acima do mínimo, o aumento foi de 5%. O projeto, de autoria do senador Paulo Paim (PT-RS) e já aprovado no Senado, está, agora, pronto para ser votado no plenário da Câmara. O presidente Lula se queixou da aprovação do projeto que cria mais despesas, sem apontar as receitas.

Pegos de surpresa com a manobra da oposição, os governistas estão contestando, na Mesa Diretora da Casa, a aprovação da proposta pela comissão. Alegam que estava em andamento na Casa, no mesmo momento, uma sessão extraordinária, o que impede, regimentalmente, que qualquer comissão se reúna e delibere. Já os integrantes da comissão justificam que aproveitaram um intervalo entre a abertura de uma nova sessão extraordinária e o início, de fato, da ordem do dia (quando são feitas as votações).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

App - Wagner Advogados