logo wagner advogados
Há mais de 30 anos defendendo exclusivamente os trabalhadores | OAB/RS 1419
Presente em 13 estados.

HÁ ALGO DE ERRADO COM O ACORDO DO SÉCULO…

Home / Informativos / Leis e Notícias /

15 de junho, 2002 por Poliana Nunes

O badalado acordo/transação da correção das contas do FGTS parece ser uma eterna fonte de problemas para os trabalhadores.Não bastasse o flagrante prejuízo econômico, visto que os valores oferecidos pelo Governo nunca são iguais ao realmente devidos, agora surgem questões de gravidade ainda maior.Exemplo disso são os erros nos extratos do FGTS fornecidos por bancos à CEF. Recentemente, a imprensa chegou a publicar documentos que demonstram prejuízos de até 7.000%!.Segundo dados retirados de análise preliminar de acordos feitos por metalúrgicos paulistas, aproximadamente 30% dos cálculos da CEF possuem erros gritantes em relação aos valores que existiam nas contas do FGTS ao tempo da lesão.Em cima disso, o Governo Federal pela primeira vez admitiu que os cálculos que forem apresentados com erros, mesmo havendo a famosa “assinatura em branco”, poderão ser revistos ou rejeitados.Contudo, os problemas do FGTS não se esgotam na seara dos erros de extratos. Agora, até mesmo os Correios, setor que somente deveria encaminhar os documentos entregues em suas agências, resolveu proibir o envio dos termos sem assinatura (maneira que os trabalhadores tinham para saber previamente o valor da proposta do Governo).Quanto a este fato, o cidadão que for prejudicado pelos Correios poderá procurar proteção junto ao Ministério Público, posto que tal prática é postura flagrantemente criminosa.Os trabalhadores, mesmo aderindo ao “Acordo do Século”, devem permanecer de olhos abertos para evitar lesões maiores dos que as já admitidas no próprio termo de adesão.Fontes: Folha de S.Paulo(9.6.2002) e Informativos da CUT (www.cut.org.br)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

App - Wagner Advogados