logo wagner advogados
Há mais de 30 anos defendendo exclusivamente os trabalhadores | OAB/RS 1419
Presente em 15 estados.

Greve do INSS é encerrada na maior parte do país

Home / Informativos / Leis e Notícias /

25 de setembro, 2015 por Poliana Nunes

Após 78 dias, a greve dos servidores do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) foi encerrada na maior parte do país. No entanto, o atendimento será retomado apenas na semana que vem. Ainda vai ser definido – com o governo e com os grevistas – se haverá plantão para repor o tempo parado. As informações são do "Bom Dia Brasil".

Servidores de 20 estados aceitaram a proposta de aumento do governo: 10,8%. Uma parte será paga em agosto do ano que vem e outra em janeiro de 2017. Nesta sexta-feira (25) ainda tem assembleia em mais seis estados.

 Segundo o sindicato que representa os funcionários, 15 milhões de pessoas deixaram de ser atendidas nesse período de paralisação.

Os funcionários pediram reajuste salarial de 27,5%, a incorporação das gratificações, 30 horas de trabalho semanal para todos os funcionários, realização de concurso público e melhoria das condições de trabalho.

Além dos servidores administrativos, os peritos do INSS também estão em greve em todo o país. A paralisação começou no último dia 4 e, segundo a Associação Nacional dos Médicos Peritos em Previdência Social, ainda não há previsão de fim do movimento.

Veja abaixo a situação em cada estado:

ACRE

Após mais de 70 dias em greve, os servidores do INSS do Acre decidiram suspender a paralisação no estado. Os atendimentos, segundo o Sindicato dos Servidores Públicos Federais no Acre (Sindsep-AC), devem ser normalizados a partir do dia 1° de outubro. Esse período será para que os servidores normalizem a demanda que ficou acumulada.

GOIÁS

Os servidores do INSS de GO permanecem em greve no estado nesta sexta-feira (25). Apesar de o movimento ter sido encerrado na maior parte do país, a categoria ainda fará uma assembleia, nesta tarde, para definir sobre os rumos da paralisação no estado.

MATO GROSSO DO SUL

Os servidores do INSS em Mato Grosso do Sul aguardam uma definição da direção nacional do movimento para decidir se encerram a greve, que completa 79 dias nesta sexta-feira (25). Na terça-feira (22) os trabalhadores fizeram uma assembleia onde a maioria votou por aceitar a proposta do governo federal.

MINAS GERAIS

Em Belo Horizonte e Região Metropolitana, os servidores vão realizar uma assembleia-geral nesta sexta-feira (25), às 16h. Será debatida a proposta do Governo Federal acertada com o comando nacional de greve, dentre elas o reajuste de 10,8% em dois anos, e os trabalhadores vão deliberar sobre o fim da paralisação.

Segundo o Sindicato dos Trabalhadores do INSS em MG, a tendência é encerrar a greve na capital mineira e retornar ao trabalho na segunda-feira (28). Em outras regiões do estado, assembleias estão previstas em Juiz de Fora, Montes Claros, Poços de Caldas, Teófilo Otoni e Uberaba,  ainda nesta sexta-feira (25).

PERNAMBUCO

Os servidores do INSS em Pernambuco decidiram terminar a paralisação, após assembleia realizada nesta quinta-feira (24). A categoria aceitou a proposta do Governo Federal, formalizada na quarta-feira, e vai retomar o atendimento ao público na segunda-feira (28).

PIAUÍ

A greve dos servidores do INSS no Piauí terminou nesta sexta-feira (25). O movimento  afetou 32 agências no Piauí, sendo seis em Teresina e 26 no interior do estado. No entanto, os peritos do órgão ainda seguem paralisados.

RIO GRANDE DO SUL
As agências do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) no Rio Grande do Sul seguem com serviços afetados em função da paralisação dos servidores. Nesta sexta-feira (25), a greve completa 81 dias, e ainda não há uma data para a a retomada.

SANTA CATARINA

Os trabalhadores do INSS em Santa Catarina aprovaram o indicativo de finalizar a greve da categoria, que começou em 7 de julho. Nesta sexta-feira (25), a paralisação chega ao 81º dia no estado. De acordo com Luciano Veras, coordenador do sindicato da categoria no estado, a decisão final deve ocorrer nesta sexta ou no fim de semana.

SÃO PAULO

Os funcionários do INSS de São Paulo também optaram pelo fim da greve. De acordo com o sindicato, a decisão foi encaminhada à plenária nacional dos funcionários, em Brasília, que vai decidir os rumos da paralisação nos outros estados e a data de retorno ao trabalho de todos os grevistas, também em São Paulo.

Na Baixada Santista e no Vale do Ribeira, a greve que durou mais de dois meses foi finalizada e o sindicato que defende a categoria na região estima que as atividades sejam normalizadas entre segunda (28) e quarta-feira (30).

Fonte: Globo.com
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

App - Wagner Advogados