logo wagner advogados
Há mais de 30 anos defendendo exclusivamente os trabalhadores | OAB/RS 1419
Presente em 15 estados.

Em meio a impasses nos processos de negociação, Planejamento confirma duas novas reuniões com Condsef

Home / Informativos / Leis e Notícias /

27 de julho, 2015 por Poliana Nunes

Em um processo de negociações com o governo mergulhado em incertezas, servidores federais da base da Condsef, que representa 80% do Executivo Federal, partem para a construção de um processo de greve geral a partir desta segunda-feira, 27. No início desta semana, a Condsef enviou ofício informando a decisão da maioria da categoria a todos os ministros. Muitas categorias já iniciaram um movimento de greve como é o caso dos servidores do INSS, professores e técnicos administrativos das universidades, servidores do Judiciário e outros.

A decisão de promover um aprofundamento do processo de mobilização veio das últimas conversas com a Secretaria de Relações do Trabalho (SRT) do Ministério do Planejamento que condicionou avanços nos processos de negociação a aceitação de um índice de reposição da previsão inflacionária de 21,3% dividido em 4 anos. Nesta sexta-feira, a Condsef recebeu a confirmação de duas novas reuniões na SRT no dia 29, quarta.

A primeira reunião acontece às 15 horas e deve dar continuidade ao processo de negociações envolvendo demandas específicas de cerca de 500 mil servidores, entre ativos, aposentados e pensionistas que compõem carreiras como PGPE (Plano Geral de Cargos do Poder Executivo), CPST (Carreira da Previdência, Saúde e Trabalho, incluindo Funasa), PECFAZ (Plano de Cargos dos Administrativos Fazendários), e similares. A segunda (veja ofício) está prevista para as 17 horas e vai tratar a pauta específica dos servidores do Inmetro. Na oportunidade a Condsef irá cobrar agenda de reuniões com os demais setores de sua base.

Fonte: CONDSEF
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

App - Wagner Advogados