logo wagner advogados
Há mais de 30 anos defendendo exclusivamente os trabalhadores | OAB/RS 1419
Presente em 15 estados.

CORREIO BRAZILIENSE: INDEFINIÇÃO SOBRE MP DE REAJUSTE DE SERVIDOR

Home / Informativos / Leis e Notícias /

26 de março, 2008 por Poliana Nunes

Refém de acordos políticos no Congresso Nacional, o governo ainda estuda a melhor maneira de garantir os reajustes salariais prometidos há 15 dias para cerca de 800 mil servidores públicos. Apesar de o Ministério do planejamento ter anunciado que o aumento sairia por meio da edição de uma medida provisória, até ontem os sindicatos não sabiam ao certo se isso ocorreria ou não.

Por causa da batalha travada na Câmara e no Senado entre os partidos de oposição e a base aliada, o governo passou a considerar seriamente a hipótese de, em vez de MP, enviar para os parlamentares um projeto de lei com a previsão de todos os aumentos. Essa mudança, no entanto, desagrada aos sindicatos, que esperavam que o reajuste comecasse a valer já a partir deste mês.

Tanta indefinição fez com que os técnicos do Ministério do planejamento convocassem ontem um grupo de sindicalistas para uma reunião de emergência. Antes de serem atacados, os representantes do governo informaram que o acerto não está sob ameaça, mas que o cenário político passou a influenciar bastante na última semana. Receosas, as entidades ligadas ao funcionalismo decidiram manter para hoje um ato na Esplanada dos Ministérios. Os servidores exigem o cumprimento integral dos acordos fechados no ano passado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

App - Wagner Advogados