logo wagner advogados
Há mais de 30 anos defendendo exclusivamente os trabalhadores | OAB/RS 1419
Presente em 12 estados.

Coronavírus: servidores com sintomas são dispensados do trabalho

Home / Informativos / Leis e Notícias /

11 de março, 2020 por Luiz Antonio

Ministério da Economia encaminhou e-mail para funcionários federais com a determinação. A União tem mais de 600 mil pessoas na ativa

Após o aumento de casos suspeitos e comprovados do novo coronavírus no Brasil, o governo federal editou regras de higiene no ambiente de trabalho para servidores. O Ministério da Economia recomendou aos funcionários públicos fiquem em casa quando estiverem doentes.

O órgão encaminhou e-mail para servidores federais na manhã desta sexta-feira (06/03) com orientações sobre o diagnóstico do coronavírus e cuidados básicos. A União tem mais de 600 mil funcionários públicos na ativa.

O texto é enfático: funcionários doentes devem ficar em casa, evitar contato com pessoas que apresentem sintomas da doença e limpar objetos e superfícies tocados com frequência.

A mensagem também divulga o aplicativo Coronavírus-SUS, plataforma de monitoramento e divulgação de dados oficiais sobre a propagação do vírus e mapas de unidades de atendimento.

“O Ministério da Saúde orienta cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o coronavírus”, ressalta o comunicado.

A pasta aponta que os sinais e sintomas do coronavírus são principalmente respiratórios, acompanhados de febre e tosse.

Veja medidas recomendadas aos servidores públicos:

Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete ao menos cinco vezes por dia;
Usar desinfetante para as mãos à base de álcool, como álcool gel;
Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;
Evitar contato próximo com pessoas doentes;
Ficar em casa quando estiver doente;
Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;
Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Versão oficial

Após a publicação da reportagem, o Ministério da Economia explicou que a recomendação não é uma dispensa formal, mas sim, uma orientação do Ministério da Saúde: ficar em casa se estiver doente.

“O Ministério da Economia esclarece que não realizou nenhuma divulgação orientando que servidores públicos federais sejam dispensados do trabalho. Foi apenas enviado um comunicado, via Sigepe-mensagem, divulgando aos servidores o aplicativo Coronavirus SUS, atendendo, inclusive, um pedido do próprio Ministério da Saúde, que solicitou essa divulgação”, afirma, em nota.

A doença

O Brasil tem, até a última atualização, 13 casos confirmados e mais de 700 suspeitos de coronavírus aguardando resultados de exames para comprovar ou descartar a infecção. Mais de 70 países já registraram a presença do vírus.

Outras 400 pessoas tiveram o diagnóstico descartado para o Covid-19. Exames apontaram outras doenças — a maior parte influenza, um vírus que circula normalmente no inverno.

No DF, a moradora de Brasília de 52 anos que teve teste positivo para coronavírus está internada na enfermaria do Hospital Regional da Asa Norte (Hran) em uma área isolada. Médicos aguardam o exame de contraprova para fechar o diagnóstico.

Fonte: Portal Metrópoles (por Otávio Augusto)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

App - Wagner Advogados