logo wagner advogados
Há mais de 30 anos defendendo exclusivamente os trabalhadores | OAB/RS 1419
Presente em 12 estados.

Agências cobram isonomia entre tabelas e Planejamento insiste nos 15,8%

Home / Informativos / Leis e Notícias /

15 de agosto, 2013

Condsef, Sinagências e Fenasps participaram de reuniões nesta terça-feira, 13, na Secretaria de Relações do Trabalho (SRT) do Ministério do Planejamento, que discutiram propostas de reestruturação da tabela salarial dos trabalhadores das Agências Reguladoras – tanto dos cargos efetivos como do Plano Especial de Cargos (PEC). Nas duas reuniões os representantes das entidades reafirmaram as propostas dos trabalhadores que buscam não só a isonomia entre as duas tabelas como também pleiteiam a inclusão das carreiras no ciclo de gestão (subsídio). 

O Planejamento informou que, assim como para as demais carreiras que ainda não firmaram acordo com o governo, a proposta de reajuste de 15,8% é a que está mantida. O adendo, feito para outras carreiras, segue a lógica de extinguir a gratificação de qualificação (GQ) e incorporar seus valores linearmente à remuneração dos servidores.

A mesma proposta tem sido apresentada aos setores que ainda não firmaram acordo com o governo como é o caso dos servidores do DNPM e Dnit, estes últimos em greve em todo o Brasil. Foram apresentados alguns números de como ficaram os impactos orçamentários. Mas o Planejamento voltou a dizer que não seria possível avançar mais que isso no momento. As entidades aguardam a formalização da proposta para que os servidores possam avaliar o que foi apresentado em assembleias. Uma nova reunião foi confirmada para a próxima sexta, 16.

Fonte: Condsef

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

hostinger