logo wagner advogados
Há mais de 30 anos defendendo exclusivamente os trabalhadores | OAB/RS 1419
Presente em 13 estados.

Mudanças em benefícios são temas de reunião entre governo e centrais sindicais

Home / Informativos / Leis e Notícias /

19 de janeiro, 2015 por Poliana Nunes

Rio – Centrais sindicais têm reunião agendada para esta segunda-feira com os ministros Miguel Rossetto, da Secretaria-geral da Presidência, e Manoel Dias, do Trabalho e Emprego. A expectativa é retomar o diálogo das entidades representativas junto à Presidência da República. As classes têm uma tarefa difícil: que o governo revogue as Medidas Provisórias 664 e 665, que alteraram no fim do ano passado regras de concessões de benefícios previdenciários e trabalhistas. A proposta é promover diálogo amplo com a classe trabalhadora.

 

De acordo com a Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Federal (Condsef), as principais preocupações do funcionalismo estão ligadas ao abono salarial, seguro-desemprego e mudanças consideradas pela classe como inconstitucionais na Previdência. A orientação é que as entidades filiadas se organizem para somar força aos atos em defesa dos direitos econômicos e sociais dos trabalhadores no país.

 

As entidades estudam promover uma dia de atividades nas principais cidades brasileiras para chamar atenção da sociedade sobre os temas alterados pelo governo na concessão de benefícios para servidores e trabalhadores da iniciativa privada. A ideia é reunir os representantes no próximo dia 28.

 

O secretário-geral da Condsef, Sérgio Ronaldo da Silva, diz que a preocupação dos servidores como um todo é o cenário de arrocho que vem se desenhando com as medidas anunciadas pela equipe econômica, desde os primeiros dias deste ano.

 

Entre os pontos positivos levantados pela confederação está a declaração do novo ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, de que é necessário valorizar o funcionalismo público. Segundo a entidade, Barbosa afirmou que o diálogo está aberto.

 

Fonte: O DIA (RJ) – 19/01/2015

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

App - Wagner Advogados